quinta-feira, 11 de março de 2010

Anos Luz Entre Nós

Anos Luz entre nós

Beijos que não dei

Corpo que não abracei

Sonhos que tive com você,

Amor colorido, cor da imensidão do céu.

Flores que não recebi

Amor que ofertei

Mãos que não toquei

Amor andante, mas não errante...

Amor andante como as ondas do mar revolto

Cheiro de perfume que não senti, mas imagino...

Toques suaves que nunca pude dar

Voz tão misteriosa, que fascina que me embriaga...

Sinto dor apertando meu coração ausente é

Como se existisse anos luz entre o meu coração e o seu.


Autora: Maria Teresa Oliveira Melo Cambronio

Um comentário:

  1. Que maravilha Tê! quem dera eu poder estar ali ao teu lado podendo compartilhar com esse doce e maravilhoso poema!

    ResponderExcluir