Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Poesia: água

Imagem
Absurdo

Pinc
Pinc
Pinc
Pinc

Água corre pelo ralo.
Dá-me pena, quando vejo uma torneira pingar.
A doce água que irá faltar.

Pinc
Pinc
Pinc
Pinc

Água corre pelo chão.
Menino toma banho e se lá vai
Uma barra de sabão.
E a água que gasta não volta então.

Pinc
Pinc
Pinc
Pinc

Barulho de água pingando
É rio que vai secando
É sede que vai chegando.
Autora: Maria Teresa Oliveira Melo Cambronio

1) Que tipo de texto é este?-------------------------------
2) Quem á a autora?--------------------------------------------------------------
3) Qual o tema do texto?-------------------------------------------------------
4)Cite algumas ações (verbos) que acontecem no texto------------------------------------------------ ------------------------ ------------------------------- --------------------------------------- ---------------------------------- ------------------------
5)A autora afirma que quando o menino toma banh…