quinta-feira, 3 de março de 2011



De tudo um pouco

Olho para o céu.
Vejo o brilho das estrelas.
Comparo-o:
Com prata e pedras preciosas.

Na terra, tão verdejante, contemplo
nossas matas.
O verde é a esperança, sorriso de criança,
espelho, conselho, ovelha, cabra, onça, templo,
exemplo...

Na praça, moleque atrevido.
Trepa nas bravas árvores,
Dobra redobra, quebra requebra.
Bloco, floco, atleta, ciclista, preguiça!
Livra sua cabeça de uma grande pedra.

Na calçada, um homem magro
grita uma promoção de loja.
Vê vidraça quebrada,
tateia o queixo, brinca pela brecha,
com a brocha, com bravura, com graça.

Gralhas, gaviões, gaivotas, girafas,
dragões engaiolados.
Tudo estranho, mas ganho broncas,
Arrancos, arranhos, tranques.
Claro! Declaro: é caro!

Preciso de palavras pra dizer
Que tenho sonho de viver, com prazer,
Nesta terra, sem problemas.
Pronta para escrever uma nova história.
Melhora, palavras, dentro, promessa, vira revira e vai...

Maria Teresa Oliveira Melo Cambronio ( Livro Meus Momentos 2007)

Nenhum comentário:

Postar um comentário